ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

O encontro de todos os filhos ou rendidos ao Privilégio da Natureza

Conheceis da flor DAMA DA NOITE?

Vede que bastante incomum ela é! Demora a florescer; de repente surgem os brotos, Em uma semana as flores desenvolvem-se,  abrem-se,  atingem seu auge e fecham-se afogadas por si próprias numa existência muito esquisita. Não dão chance de serem vistas em seu esplendor aos mais distraídos posto que no correr de um dia iniciam sua abertura, atingindo à noite sua máxima e,ainda no decorrer da madrugada murcham apagando seu brilho.

Vejam fotos ilustrativas do que acabamos de vivenciar com uma nossa.

Brota assim. Aqui já com uns 2 a 3 dias.

A desabrochar já pela tarde-noite. 

Em close, já pelas 22h.

No detalhe.

Na manhã seguinte . . . . até murcharem  e cairem.

 

 

Exibições: 46

Comentar

Você precisa ser um membro de ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO para adicionar comentários!

Entrar em ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

Comentário de Luisa Lamela Gomes dos Santos em 4 dezembro 2020 às 1:39

Esta efemeridade confere à flor um encanto maior. Exactamente por durar tão pouco, há que não a perder de vista enquanto dura! Há, nesta "dama da noite", uma espécie de mistério, como acontece quando um véu translúcido se faz progressivamente transparente, depois cai, e deixa à mostra aquilo que escondia. Por muito breve tempo, porém, pois logo, logo o véu volta a envolver e a tapar o que mostrou.

Muito bela, esta "Dama da Noite"! 

Comentário de Maria Paula Fernandes Ferreira em 29 novembro 2020 às 17:08

Que maravilha!!! Pena ser tão efémera...

Deve ser maravilhoso seguir estas suas etapas.

Eu tenho uma planta com umas folhas suculentas, largas e bonitas; só por si é um vaso bonito. Fins de Setembro e principio de Outubro, as folhas caem e ficam em seu lugar umas lindas flores, cor de fogo, mas que também duram pouco tempo e logo dão lugar às folhas.

© 2021   Criado por José Alexandre Areia L Basto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço