ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

O encontro de todos os filhos ou rendidos ao Privilégio da Natureza

O NOSSO NELITO, 68 ANOS FEITOS HÁ 15 DIAS, DEIXOU-NOS HOJE!

«A morte saiu à rua num dia assim».
Trazia «a foice de uma ceifeira»
E ceifou a vida da nossa Leninha.
.
Foi mais ou menos com uma mensagem assim que, há cerca de 15 meses, dei a notícia da morte da nossa irmã Leninha ao Nelito, nosso primo. Sei que a mensagem o impressionou profundamente (como médico, tinha acompanhado com muita dedicação o difícil fim de vida da Leninha) e decidi agora anunciar a morte deste primo querido do mesmo modo. Um modo que é como uma afirmação: a de que ele continua entre nós, gostando apaixonadamente do Zeca Afonso, das suas cantigas e dos seus ideais.
.
«A morte saiu à rua num dia assim»
Trazia «a foice de uma ceifeira»
E ceifou a vida do nosso Nelito.
.
Que poderei escrever mais, além deste doloroso anúncio?
Perdemos um primo muito amado, o nosso “tribunal de última instância” quando havia dúvidas sobre questões de saúde. O que o Nelito dissesse nesse capítulo era para nós absolutamente sagrado, sabendo embora que a sua área de intervenção eram as crianças. Um pediatra de superior competência, comprovada, seguramente, pelo bom sucesso com os milhares de crianças doentes que lhe passaram pelas mãos; um pediatra cuja falta outros tantos milhares irão certamente sentir.
A minha filha, que esta manhã me deu a terrível notícia, disse-me assim: Mãe, se o Nelito, como pediatra dos meus filhos, me mandasse dar-lhes a água de lavar as meias, eu dava! Fazia tudo, absolutamente tudo o que ele me dissesse para fazer!
Eu, pessoalmente, tinha pelo Nelito uma estima sem limite, também pelo seu lado solidário, manifestado sem alaridos, sempre discretamente, mas com uma prontidão, um desvelo e uma eficácia supremos, nos momentos mais sofridos das nossas vidas. Em todos esses momentos aflitivos da nossa numerosa família, o Nelito nunca falhou.
Perdi um primo com quem tinha muitas afinidades, até literárias (para o saber dele não havia fronteiras), reforçadas pela estima imensa que o ligava ao meu marido, cuja doença acompanhou com inesquecível carinho.
Perdi um primo que foi uma das pessoas mais brilhantes, uma das mentes mais iluminadas com quem alguma vez privei, um primo dotado de um humor inteligente, por vezes difícil de apanhar à primeira, um primo que dominava qualquer área de saber, reunida que foi, ao longo da vida, uma cultura geral absolutamente incrível.
Hoje é um dia muito, muitíssimo triste. O pediatra dos nossos filhos e netos, o nosso primo Manel Beirão, o nosso Nelito, deixa nos nossos corações uma saudade sem tamanho.
Braga, 08 de Outubro de 2019-10-08
Luisinha Lamela

Exibições: 165

Comentar

Você precisa ser um membro de ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO para adicionar comentários!

Entrar em ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

Comentário de Maria Paula Fernandes Ferreira em 10 outubro 2019 às 18:16

Bonita frase e fotografia . Fica sempre na nossa memória!

Sentidos pêsames para toda a família.

Comentário de Luis Lamela e Lili Lamela em 9 outubro 2019 às 21:10

O Nelito. Um Homem completo.

Comentário de José Alexandre Areia L Basto em 9 outubro 2019 às 15:55

Bonitas as suas palavras, Luisinha.

Não quis acreditar quando cheguei a casa e a minha mãe me questiona sobre algo que tivesse ocorrido com o Nelito (para quem não sabe, trata-se do Manuel José Igreja Nunes Beirão, um dos nossos mais resistentes e interessados companheiros no blog). Tinha-lhe passado a fotografia no facebook, mas não a voltou a ver.

Não descansei até saber o que se passava. Mais uma perda, mais um vazio. O ano de 2019 marca profundamente o nosso blog.

A si, Luisinha, e a todas as famílias Igreja e Beirão deixo um grande abraço.

ZA

Comentário de Maria Paula Fernandes Ferreira em 9 outubro 2019 às 15:43

Luisinha: Resolvi vir ao nosso blog, para parar um pouco de outras actividades.

Não tenho palavras...! São safanões psicológicos que deixam a nossa mente baralhada. Como é possível? É bem certo que, não há idades para partir.

O seu texto entristeceu-me.

Querida amiga, deixo aqui o meu voto de pesar por tão triste acontecimento e os meus sentimentos para toda a família.

© 2020   Criado por José Alexandre Areia L Basto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço