ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

O encontro de todos os filhos ou rendidos ao Privilégio da Natureza

Comentários de Maria Paula Fernandes Ferreira

Caixa de Recados (303 comentários)

Você precisa ser um membro de ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO para adicionar comentários!

Entrar em ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

Às 18:45 em 29 novembro 2020, Alessandro Martins Capitão disse...

Maria Paula, Estive com meu primo Dr. Orlando Capitão em Lisboa, em sua casa. Ele me presenteou com seus livros. Foi no livro "Famílias de Mar" que descobri a igreja na qual meu avô foi batizado. Foi um trabalho muito lindo que o primo fez.

Meus pais nasceram cá no Brasil.

Fiquei feliz pelo seu contato e assim vou fazendo mais amizades nesta terra que tanto admiro e que gostaria de visitar sempre que for possível.

Lembranças de um Esposendense de coração.

Às 18:06 em 29 novembro 2020, Alessandro Martins Capitão disse...

Olá Maria Paula, boa tarde!

Sim, meu avô é de São Bartolomeu. Ele foi Tio do Orlando Martins Capitão.

Estive em Esposende em 2016 com minha esposa.

E no ano passado retornei para me casar na igreja de Marinhas em cerimônia realizada pelo padre Avelino. Eu não era casado religiosamente e resolvemos nos casar onde meu avô foi batizado.

Foi uma cerimônia muito linda e que nos deixou muito felizes!

Às 15:51 em 15 junho 2020, Luis Filipe Coelho Santos Abreu disse...

Olá D. Paula.
Sim, esse "cara" sou eu!
Já sou membro do blog há alguns anos, mas a cara é nova, e as minha visitas aqui contam-se com sobras, pelos dedos de uma mão.
Veremos o que se fará no futuro, para que nos reencontremos mais vezes.
A nossa loja na cidade era um ponto de (cópias) de encontro bastante concorrido, mas como todos os negócios, também o nosso vive da rentabilidade.
Não foi fácil decidir sair da cidade, mas gostamos de pensar que voltaremos!
Até breve!

Às 22:41 em 24 dezembro 2019, AntonioJorgeMotaCruz e MªArminda disse...

À grande guerreira deste nosso blog, um especial aceno com o nosso desejo de um FELIZ NATAL e 2020 venturoso.

Beijos.

 

Às 20:57 em 21 novembro 2019, João Valentim (Ribeiro) Fonseca disse...

Boa Noite, começo desde já por agradecer as suas simpáticas palavras de boas-vindas. Respondendo a questão que me colocou, sim, Valentim Ribeiro da Fonseca era meu trisavô paterno, sendo então eu Bisneto de Valentim Ribeiro da Fonseca Jr. O meu nome próprio é João Valentim como homenagem a esses dois grandes homens de quem tanto se fala em minha casa e que toda a família estima. 

Às 19:09 em 29 setembro 2019, Joaquim Eiras Gonçalves disse...

Parabéns Paulinha. Feliz dia de aniversário e que se repita por muitos e bons anos. BJS

Às 12:44 em 30 agosto 2019, Margarida Soares disse...
Sim, claro que a conheci. Beijinhos para ela!!
Às 18:40 em 26 agosto 2019, Margarida Soares disse...
Iniciei funções como Enfermeira no Centro de Saúde de Esposende no ano de 1994, fazia equipa com a Dra Margarida Reis, na altura.
Há três anos pedi mobilidade para perto de casa, mas já tenho saudades da gente Esposende!
Às 15:07 em 8 agosto 2019, José Alexandre Areia L Basto disse...

Olá, Paula.

Vejo tudo normalíssimo, apesar de estar de novo com dificuldades no manuseamento do blog.

Espero que aí normalize também.

Abraço

Às 9:53 em 17 junho 2019, José Alexandre Areia L Basto disse...
Bom dia, Paula.
Obrigado por me lembrar. Não é que me tenha esquecido (!), mas despisto-me. Já paguei há dois meses. Está tudo regularizado. Vou ver se angario mais um ou dois membros e irei fazer as contas.
Beijinho
Às 23:57 em 26 fevereiro 2019, Luisa Lamela Gomes dos Santos disse...

Oi, Paulinha.

Ainda a propósito do concerto do "seu" rouxinol e do meu pai, chamado de "rouxinol de Barcelos", esclareço a sua dúvida: o nosso pai tocava a chamada guitarra de Coimbra, que vibrava como se tivesse alma, dedilhada pelos seus dedos. Com a inseparável guitarra,acompanhava-se a si próprio cantando quase sempre fados de Coimbra (nunca o ouvi cantar fado de Lisboa). Recordo-me até de algumas estrofes que ele próprio compôs e cantava com a música e o estilo do fado de Coimbra, algumas dedicadas à nossa mãe.

Com a mesma guitarra nos acompanhava a nós, filhos, todos mais ou menos afinados e prontos para a cantoria. Com o pai tocando e nós cantando, qualquer festa estava garantida.

Que saudades desse maravilhoso tempo, em que tinhamos junto de nós, e presentes em absoluto na nossa vida, o Pai, a Mãe, a Eminha e a Leninha.

Deu-me para isto, amiga. Tudo por causa do "seu" rouxinol.

Um beijinho.

Às 23:50 em 22 novembro 2018, Luisa Lamela Gomes dos Santos disse...

Agora sou eu quem agradece o elogio à professora de Português.

Vou postar um texto sobre o Alto Douro, que tive a sorte de visitar no mês passado. Fiquei deslumbrada e publiquei num dos jornais de Braga esse deslumbramento. Partilhá-lo-ei agora aqui, embora saiba que os habituais leitores já por aqui não andam.

Deixo-lhe um beijinho.

Às 1:37 em 20 novembro 2018, Luisa Lamela Gomes dos Santos disse...

Paulinha, venho comentar o seu último comentário, no qual fala de Raul Brandão. Só para dizer que merece parabéns, independentemente da questão de conteúdo, sobre a qual se pronunciou o Zé Meiras. É mesmo sobre o que a Paula escreveu que eu escrevo. Pela qualidade com que o fez. Gostei muito.

Em 5:57pm on setembro 29, 2018, Luisa Lamela Gomes dos Santos deu para Maria Paula Fernandes Ferreira um presente...
Presente
Muitos PARABÉNS, amiga. Que festeje esta data por muitos anos é o meu voto. Grande abraço.
Em 5:52pm on setembro 29, 2018, AntonioJorgeMotaCruz e MªArminda deu para Maria Paula Fernandes Ferreira um presente...
Presente
Salve, PAULA! Que estejas a desfrutar de um belo dia de aniversário. A você o nosso desejo de muitos mais anos de vida, plenos de saúde e de paz. Um grande abraço à distância.
Às 19:25 em 29 setembro 2018, João da Cruz Rites disse...

Parabéns Paula que continues em boa forma e te sintas muito bem. Um beijo nosso e felicidades.

Às 23:58 em 28 maio 2018, José Reis Loureiro disse...

Olá Paula. Andar por aqui perdido como tenho andado, não uma boa forma de levantar a moral no nosso blog, não faz o meu género. Vamos juntar-nos e pensar em levar a cabo uma campanha de reanimação do nosso socairinho e uma boa forma de o fazer. O FaceBook poderá ajudar. Abraço.

Às 0:36 em 17 março 2018, Luisa Lamela Gomes dos Santos disse...

Obrigada, amiga, pelos presente e pelos PARABÉNS.

Um beijinho.

Às 19:23 em 11 março 2018, Luisa Lamela Gomes dos Santos disse...

Oi, Paulinha.

Como vai isso por aí, nessa terra linda referida ontem e hoje, na TV e nos jornais, por causa de um tornado? Isto é que vai um mau tempo, amiga! Como sempre, ou quase sempre, há o lado bom das coisas que parecem más, e as nossas albufeiras agradecem esta fartura de chuva.

Pois quanto aos quebra-cabeças, deixo-lhe uma sugestão: se estiver para aí virada, tente o da CAIXA DAS MAÇÃS, que é giro e não cansa nada.

Além da sugestão, vai um beijinho.

Às 17:16 em 30 novembro 2017, José Reis Loureiro disse...

Olá Paula, há já tanto tempo que a gente não se encontra aqui! Já tinha saudades deste socairinho. É um prazer voltar a falar consigo. deixo-lhe um abraço.

© 2020   Criado por José Alexandre Areia L Basto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço